XXII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros
De 15 a 30 de julho de 2022
É tempo de aquilombar-se!

Notícias

Amaro Freitas Trio e seu jazz nordestino

Por Magali Colonetti | Foto: Mariana Florêncio, em 02/08/22

A mistura do Jazz com os ritmos nordestinos foi o que o público do último dia do XXII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros pôde experimentar, sentir e viver. A música de Amaro Freitas Trio é dessas: para ser sentida com todos os sentidos. Amaro Freitas fez a magia acontecer no piano, Jean Elton no contrabaixo e Hugo Medeiros na bateria. Juntos desde 2015, eles ficaram com a missão de trazer os recados de Sankofa para o último show no palco principal. Mestres de um encontro musical que surpreendeu muitos. 

Amaro tem hoje uma carreira consolidada. Críticos musicais o citam como uma das promessas do jazz internacional.  Uma de suas músicas ficou entre as mais tocadas na TSF, a principal rádio francesa dedicada ao jazz. A música é "Ayeye" e faz parte do álbum "Sankofa" lançado em 2021 com oito faixas. Ele apresenta o álbum como sendo uma busca espiritual por histórias esquecidas, filosofias antigas e figuras inspiradoras do Brasil Negro. Esse encontro de passado e futuro é o significado do termo Sankofa, do sistema de escrita dos povos acã na África Ocidental. Sua representação é um pássaro que voa para a frente com a cabeça voltada para trás. 

Falando com muito orgulho sobre o seu Recife e toda a força cultural de lá, Amaro também mostra o amor por sua origem misturando o bebop, o afrojazz, o samba, o frevo, o maracatu, o baião e a balada com o jazz. Amor sentido nesse show que fez história no Encontro de Culturas de 2022.