XXII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros
De 15 a 30 de julho de 2022
É tempo de aquilombar-se!

Notícias

Cordel do Fogo Encantado e seu reencontro com o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

Por Magali Colonetti | Foto: Rafael Camargo, em 25/07/22

Eles estavam em 2001 quando o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros começou. Estavam em 2008 e lembram da sinuca e da cervejinha que tomaram num bar enquanto a Índia, cantora que também participou naquela vez, surgia e cantava ali mesmo. Agora eles voltam, depois de uma pausa de oito anos entre 2010 e 2018, com a formação original com Lirinha, Clayton Barros e Emerson Calado, de Arcoverde, sertão pernambucano, e Nego Henrique e Rafa Almeida, do Morro da Conceição. Mas eles não estão sós, uniram-se a Gabi da Pele Preta.

"Mudamos todos nós desde essa primeira vez que viemos. O evento também mudou porque a vida é assim. O encontro está mais forte, com mais pessoas do que aquela primeira vez, e trazendo visibilidade para os povos indígenas. De ouvir esses pequenos segredos que precisamos escutar", falou Lirinha.

Sim, mudamos. E o local de show também mudou, dessa vez eles ocuparam o palco da Aldeia Multiétnica com o "Água do Tempo" fazendo um mergulho em tudo o que já produziram até então. "O título do show é Água do Tempo por tudo que representa a água, a vida e a fluência dos nossos sonhos. O tempo está representando tudo o que a gente aprendeu", explicou Lirinha.

Ele também disse: "Tem uma palavra que nos acompanha que é raiz. Diferente das árvores, nós caminhamos. Então que raiz é essa? Mesmo mudando de lugar carregamos isso que é a raiz. Ainda estamos em busca desse lugar encantado, esse lugar de sonho", concluiu Lirinha.