Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge apresenta

Notícias


Foto: Marcelo Santos Braga | Turma Que Faz - Opereta 2017

Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros: chegamos à nossa 19ª edição

POR Comunicação 06/05/2019

Há sempre muito a celebrar por aqui. São 19 anos de realização de um encontro de culturas tradicionais. 19 anos que encontramos comunidades tradicionais, remanescentes quilombolas, povos indígenas e artistas da cultura popular para dias de integração, convivência, trocas, aprendizados e muita alegria e celebração. Na Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge, Vila de São Jorge, porta de entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Este ano tem mais:

+ de 12 a 19 de julho, te encontramos na Aldeia Multiétnica. É possível vivenciar esses dias conosco e representantes de diferentes etnias indígenas, em meio a um cerrado riquíssimo. Saiba como em www.aldeiamultietnica.com.br

+ a partir do dia 20, até 3 de agosto, o Encontro celebra a cultura do Sítio Histórico Kalunga, nossos parceiros do maior território remanescente quilombola do Brasil. E também das comunidades tradicionais da Chapada dos Veadeiros: Caçada da Rainha de Colinas do Sul, Congo de Niquelândia, Catira de São João d'Aliança. Junto a eles, outras comunidades tradicionais e artistas da cultura popular abrilhantam as ruas de cristais da nossa Vila de São Jorge.
Veja nossos convidados AQUI (lista prévia, ainda tem mais!)

Aqui a gente tem a Turma Que Faz! Doroty Marques já está montando a opereta popular deste ano, com as crianças e jovens de nossa vila encantada. Vamos reencontrar amigos como a Dona Dainda, Seu Otávio, Tôca, Seu Getúlio, Zé Nilo, Seu Julio Antonio, a Sinvaline, os Tambores do Tocantins, Marcio Belo, os catireiros de São João d'Aliança, Seu Valdivino Fernandes e o Congo de Niquelândia... E tantos outros que não dá nem pra contar. 

Venha banhar nas águas das cachoeiras, pisar firme na terra, vibrar com os tambores, sentir a ancestralidade pulsar, o corpo movimentar, a alma celebrar! Venha (se) encontrar. 

Em breve a programação oficial vai sair, assim como os ingressos à venda. 
Enquanto isso, bora relembrar os encontros já vividos nesta terra.
Uma retrospectiva, porque tão bom quanto relembrar é se reinventar: