XVIII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

Aldeia Multiétnica

Aldeia Multiétnica é um projeto que, desde 2007, visa promover trocas e unir os povos indígenas para fortalecimento de suas culturas individuais e lutas em comum, além de proporcionar a aproximação de não-indígenas com alguns destes povos, criando a oportunidade de experiências, contato, sensibilização e aprendizado sobre as culturas e organização social de cada etnia em uma imersão de sete dias. Este ano, a 12ª edição do evento será de 13 a 20 de julho.

Vivemos num País com mais de 300 etnias indígenas, falantes de mais de 200 línguas distintas, onde ainda publica-se livros de história com informações ultrapassadas, como se os povos indígenas fossem os mesmos de 517 anos atrás.

O projeto reúne povos do Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga e Amazônia, além de povos de outros países, que apresentam suas culturas de diversas maneiras (cantos, danças, gastronomia, pinturas corporais), compartilham a luta que têm travado para manter sua cultura e territórios tradicionais e debatem com indígenas e não-indígenas as temáticas a respeito da realidade nas aldeias, por meio das rodas de prosa e da convivência diária durante o período dos eventos.

Constituída com base na organização social dos povos indígenas, as etnias fundadoras são os Krahô (TO), Kayapó/Mebengôkré (PA), Fulni-ô (PE), Guarani Mbya (SC), KaririXocó (AL), Xavante (MT) e os povos do Alto Xingu (MT). A eles é reservado o poder de convidar novas etnias, definir a programação e estabelecer a ordem das apresentações durante o evento. A partir de reuniões, as lideranças da aldeia multiétnica estabelecem combinados e definem metas para a boa convivência e o bom andamento do projeto, que para eles é também um novo caminho para o fortalecimento financeiro e a manutenção dos saberes tradicionais de seu povo.

Visite o site www.aldeiamultietnica.com.br e veja todas as informações sobre a edição de 2018!